segunda-feira, 19 de abril de 2010

A criança roubada



Oi gente,

Pois é.. Hoje é segunda e não é meu dia. Infelizmente eu me enrolei sexta feira e acabou que não houve post. Eu estava tentando fazer algo diferente sobre maquiagem. Fiz um tutorial e tudo com vídeo e coisas escritas, mas no final não consegui editar o vídeo no aqui em casa, então deixarei para uma próxima vez.

Bom, fazendo bem em cima da hora... resolvi falar da maior paixão da minha vida. Livros. Como tudo foi meio rápido demais, pegarei sobre um livro que eu gosto, mas serei um pouco mais sucinta que o normal!

Depois de muito olhar a minha prateleira me decidi por falar de um livro diferente... Seu titulo é “ A criança roubada”. Escrito por Keith Donohue, esse foi seu primeiro romance. Não é um Best seller... mas é muito bom e foi traduzido para mais de 20 paises diferentes.

O interessante dessa historia é que ela é de época. Começa quando ainda existiam arvores perto das casa e termina com as construções dos incríveis condomínios americanos.

Começando a historia. Ela não é um romance, e sim um livro de filosofia mascarado de ficção. Tudo acontece por causa das fadas. Sim, você leu certo... Fadas. Essas não são como os livros descrevem, são crianças com centenas de anos, mas que permaneceram com a sua aparência jovem. Elas vivem em bandos nas florestas esperando por uma criança infeliz aparecer perto do bosque. Quando aparece uma criança infeliz, o grupo passa a observar essa criança e aprender tudo sobre ela, ate que um ela é seqüestrada e a fada mais velha adquiri a forma da criança e passa a viver a vida dela.

Temos como criança infeliz, Henry que foge de casa por ciúmes das irmãs gêmeas e a perda de um biscoito que queria muito. Ele se sente infeliz por ter que dividir a atenção com as pequenas irmãs. As fadas começam a observá-lo. O mais velho troca de lugar com Henry e este passa a ser uma fada na floresta. A grande confusão começa ai... E minha sinopse irá parar aqui. Não quero estragar o livro.

A leitura é um tanto que complicada, pois o autor faz algumas observações de costumes da época ou pensadores famosos. Contudo, é muito valido ler. Mostra o verdadeiro significado da palavra ‘aceitação’. Algo que eu vejo cada vez mais nas pessoas em si mesmas...

Espero que tenham gostado da dica. E espero com muita sinceridade, consegui para semana que vem o post com algo sobre Moda.

Então fiquem ligados...
Beijos Mari

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Tv Show #1: Supernatural



Antes de mais, peço imensa desculpa pela minha ausência e a falha aos meus Posts. Tenho tido imensos problemas com o meu computador e com a minha net. Actualmente ainda tenho, mas consegui arranjar um PC emprestado para fazer o meu Post de hoje. Estar sempre a falha-los é chato e aborrecido.

Agora sim… Olá a todos!

Após pensar bastante entre algumas coisas que tinha em mente, decidi então que hoje o meu Post seria sobre a minha Serie Televisiva Preferida: Supernatural (ou Sobrenatural). Quem não conhece esta serie? Esta magnifica, serie? Pois bem, quem não conhecer, depois deste Post irá ter um pequeno gosto do que ela é.

Supernatural, do criador: Eric Kripke (entre outros). Actualmente está com 5 Seasons, mas prevê-se que ainda possa haver uma 6ª. É dotada de sustos, drama, comédia e fantasia – sendo isto basicamente o melhor de toda a serie.

Nota: O texto abaixo poderá conter alguns Spoilers, por isso, quem não quiser saber mais do que uma sinopse básica, informe-se neste endereço: http://www.imdb.com/title/tt0460681/plotsummary


Toda a historia de Supernatural começa com a Morte de Mary Winchester. Mary era casada com John Winchester e com ele tinha dois filhos, Dean e Sam, sendo estes os nossos protagonistas. Mary morre num estranho incêndio que se dera na casa onde todos eles viviam felizes. John consegue salvar os filhos, pedindo a Dean (de 4 anos) que leve Sam (de 6 meses) para fora da casa até ele conseguir encontrar a mulher, o que na verdade acontece. Porém, é incapaz de salva-la.

Depois desse trágico acidente, John cria os seus filhos de forma a que eles “não tenham medo de nada”, mostrando-lhes muitas vezes o verdadeiro horror que se esconde muitas vezes da vista de todos os humanos. Sam, é o mais poupado a essas coisas, deixando sempre Dean com o dever de irmão mais velho. O responsável por Sam até ao fim da sua vida.

Cansado de toda aquela vida de lutas sem sentido com algo Supernatural, e sem acharem a fonte do assassino da sua mãe, Sam decide sair de casa e entrar na faculdade, para poder tirar um curso de Direito e ser um advogado. John não ficou feliz com a ideia, e antes de Sam sair, eles tem uma enorme discussão. Deixando assim, somente Dean e John.

22 anos depois do Incêndio que matou Mary, sobra apenas Dean (Jensen Ackles). E é ai que começa o primeiro episódio de Supernatural. Dean procura Sam (Jared Padalecki) e diz-lhe que o pai está desaparecido e que precisa da ajuda dele para o encontrar…

Ao longo de toda a serie, existem momentos em que nos rimos até às lágrimas ou que simplesmente choramos. O estilo dos episódios é de tal forma viciante que torna tudo num ciclo. Os irmãos são conectados pela mesma dor e possuem exactamente os mesmos objectivos, sendo por vezes difícil para eles mostrarem isso um ao outro. Afinal, todos ou quase todos os irmãos são assim, não é mesmo?

Quem gostou, não deixe de ver, porque vale a pena…

Confiram dois pequenos Trailers:

Versão Dean:

http://www.youtube.com/watch?v=L0CfSznX0-8&feature=related

Versão Sam:

http://www.youtube.com/watch?v=-7b5hZuEcYo&feature=related


Até à Próxima... :)



sexta-feira, 9 de abril de 2010

Mangá...Conde Cain

Oi gente...

Inicialmente gostaria de pedir desculpas pela ausência do post na segunda feira...eu tenho tentado falar com a Nina, mas ate agora eu não consegui. Acredito que foi um problema de internet.

Agora ao meu post... Eu fiz uma pequena enquete, até para poder saber sobre o que mais vocês querem saber. Ganhou Mangas. Preciso ser franca, faz tempo que não leio mangas novos, então irei falar sobre o meu favorito e não tão atual manga lindo e maravilhoso, Godchild ou Conde Cain, escrito pela Kaori Yuki.

Um pouquinho da autora... Primeira coisa simplesmente impressionante é o traço dela. São lindos e ricos em detalhes. Uma coisa interessante, é que as historias dela se baseiam geralmente em trabalho de épocas, século 17 ou 19... e ela sempre tem o cuidado de adequar o figurino com o trabalho.
História dessa incrível moça. Elas nasceu em Tókio no dia 9 de dezembro, estranhamente o ano não é publicado. Estreou em 1987 com Natsufuku no Elly na revista Hana To Yume. Desde esta data a autora mantém uma produção constante e, sem se prender a um formato, tem criado histórias curtas, com um volume apenas, e longas sagas como Angel Sanctuary que teve 20 tankoubons encadernados.



Agora vamos a uma sinopse rápida do manga em questão, Conde Cain ou Goldchild . A historia se passa no século 19 e conta a historia de um grande Conde que é apenas um adolescente e que tem um exótico hobby de colecionar venenos. Conforme o manga vai andando ve-se que isso na verdade é algo tradicional da família.
O jovem Cain, ou conde dos venenos, tem outro estranho hobby, resolver assassinatos. Principalmente, aqueles que acontecem dentro da sua família, e sem com a ajuda do seu fiel mordomo Riffael. Logo nos primeiros mangas, mostra o quanto Riff é legal ao seu mestre, pois ambos se conheceram na infância de Cain quando esse era espancado toda noite pelo pai. Ate que um dia, o jovem Cain resolve matar o pai... e o manga corre ao redor da seguinte incógnita... Cain matou realmente o pai?

Uma coisa importante de realçar é que as historias da Kaori Yuki geralmente tem uma mensagem implícita.... Nessa não poderia ser diferente. Contudo, para não estragar a alegria de se ler, não irei revelar. Apenas os deixarei bem curiosos.... Será que consegui?


Infelizmente meu post vai chegando ao fim... Antes de terminar gostaria de dizer que aquela pequena sinopse da vida da Kaori Yuki foi retirada do blog Sns (http://mundo-do-shoujo.blogspot.com/2010/01/biografia.html).

Espero ver todos vocês aqui na próxima sexta feira. Agradeço pelos comentários postados no post passado e nesses que virão.

Beijos Mari.

sexta-feira, 2 de abril de 2010

Banda Kyo


Oi gente,

 

E cá to eu de novo nessa semana. Desculpa os nossos contratempos, a vida as vezes é bem malvada.

 

Bom, espero que todos estejam radiantes e descansados nesse feriadão.

 

Dessa vez vamos falar de música? Essa banda é pouco desconhecida, e para ser sincera eu mesma não conheceria se não fossem algumas amigas a me indicarem. O som é bom e eles são franceses, melhor maneira de se aprender uma nova língua, não?

 

Um pouco sobre a banda... Como já disse, são franceses. São considerados pop-rock e a banda começou em 1994. Conhecidos, 3 discos. Kyo. Le chemin. 300 lésions. Essa é formada por 4 participantes, sendo dois deles irmãos (não vou falar o nome de cada um para não cansar vocês!).

 

Para mostrar um pouco mais do porque eu gosto deles... Musica é musica não dá para colocá-la em palavras, vou mostrar a minha música predileta deles... que é de um dos álbuns deles, chamada Le chemin.

 

 

 

Le Chemin

O Caminho

 

 

Regarde-toi assise dans l'ombre

Olhe você sentado na sombra

A la lueur de nos mensonges

Ao brilho de nossas mentiras

Une main glacée jusqu'à l'ongle

As mãos congeladas até a unha

 

 

Regarde toi à l'autre pôle

Olhe você no outro pólo

Fermer les yeux sur ce qui nous ronge

Feche os olhos sobre isso que nos corroe

On a changé à la longue

A gente mudou ao longo

 

 

{Refrain:}

[Refrain/Refrão]

On a parcouru les chemins

A gente percorreu o caminho

On a tenu la distance

A gente manteu a distância

Et je te hais de tout mon corps

E eu te odeio com todo meu corpo

Mais je t'adore

Mas eu gosto de você

On a parcouru les chemins

A gente procurou o caminho

On a souffert en silence

A gente sofreu em silêncio

Et je te hais de tout mon corps

E eu te odeio com todo meu corpo

Mais je t'adore encore

Mas eu gosto de você ainda

 

 

Je vis dans une maison de verre

Vivo numa casa de vidro

A moitié rempli de ton eau

Meio preenchida de tua água

Sans s'arrêter le niveau monte

Sem parar o nível aumentado

 

 

Je suis le fantôme qui s'égare

Eu sou o fantasma que se extravia

Je suis étranger à ton coeur

Sou o estrangeiro no seu coração

Seulement regarde comme on est seul

Somente olhe como somos sós

 

 

{au Refrain, x4}

Refrão x4

 

 


 

 


Espero que tenham gostado do novo post e que curtam a banda e as musicas deles.

 

Queria saber de vocês... Do que gostariam que eu falasse sexta feira que vem? Ai vai alguns tópicos para vocês escolherem....

 

  • Moda
  • Musica
  • Livros
  • Filmes
  • Mangas
  • Vídeo clipes
  • Sites engraçados
  • Sites de arte
  • Sereados

 

Ta ai a pequena lista... È só escolherem e esperarem pela próxima sexta feira. Muito obrigada pela atenção e pelos comentários

 

Beijos Mari

segunda-feira, 29 de março de 2010

Grande artista

Oi gente, 

eu sei que hoje era o dia da Sonia, mas ela decidiu me ceder ele já que sexta feira eu tive um pequeno probleminha e não deu para aparecer.

Incialmente, eu gostaria de agradecer pela compreensão de todos. Espero que gostem, esse post já estava preparado, espero que vocês aproveitem... Sexta-feira eu irei postar novamente uma dica incrivel que ja comecei a organizar... 


" Oi gente,   


Antes de começar eu de novo quero agradecer a todos que leram e comentaram no blog. Muitíssimo obrigada a todos. Espero que todos tenham tido uma ótima semana.

 

Bom, antes de começar a dar as minhas dicas, queria dizer que o post de hoje vai ser muito especial porque ele é dedicado a uma grande amiga minha, que fez aniversario essa semana, Mary... o post é para você!!!!!!

 

Não escolhi falar sobre o blog e o site dela, apenas porque ela é minha amiga, mas sim porque é uma excelente artista como vocês vão ver conforme eu for falando. Primeiro uma bibliografia rapidinha:

 

Mariana Cagnin tem 20 anos e é estudante de Artes na UNESP, São Paulo. Já é autora de uma historia em quadrinhos e autora de muitos desenhos.

 

Inicialmente, vou falar sobre o blog dela. Quem aqui não é louco por fazer um bom desenho mas nunca sai do boneco de palitinho? Bom eu digo, euzinha aqui! Um dia a gente tava conversando e ela me mostrou o blog dela... As dicas são simples tem varias fotos para a gente seguir, e muitas coisas são grandes curiosidades. A minha matéria predileta é sobre as perguntas mais comuns que todo mundo tem sobre o mundo dos artistas.

 

Outra pagina muito divertida para se visitar, é o devianart dela... Tem vários desenhos interessantes e bem diferentes. Alguns sobre vampiros outros sobre historias dela, uns baseados em filmes. Contudo, não vou falar muito para não estragar a diversão de vocês de irem procurar.

 

Na minha opinião, uma das grandes qualidades dessa moça, é que ela é multifuncional. Alem de uma ótima desenhista, professora de artes é também uma ótima escritora. O texto dela é bem narrativo, e consegue descrever bem os ambientes onde cada personagem está. Ou pode fazer, um texto sobre artes que te encanta do começo ao fim.

 

Então, para encerrar com chave de ouro, visitem as paginas dessa delicada moça... E não se esqueçam de desejar um feliz aniversario. Por ter passado, mas a intenção que conta.

 

http://justmaryy.deviantart.com/

 

http://marycagnin.blogspot.com/

 

Muito obrigada a todos que leram novamente, e aqueles que irão deixar comentários. Espero vê-los aqui de novo semana que vem.

 

Beijos Mari..."  

sexta-feira, 26 de março de 2010

Informação!

Venho por este meio informa-los que hoje a nossa querida Rei Owan não poderá postar devido a problemas familiares. Ainda não combinamos quando será o novo Post dela, mas aguardem novidades. Pedimos imensas desculpas.

Obrigado.
Danimigas*

segunda-feira, 22 de março de 2010

Sistema Solar + Idade!


Cá chegou mais uma Segunda-Feira.

Espero que estejam todos bem, pois eu, estou óptima, e com uma curiosidade giríssima para partilhar com vocês. Muitos de vós, podem até já ter conhecimento, mas para aqueles que não têm, aqui ficam a saber.

Já se perguntaram, por acaso, qual seria a vossa idade em todos os outros planetas do sistema solar? Eu andava a ver e-mails e a navegar aqui pela Internet, quando me deparei com esta questão. Achei engraçado e tive curiosidade de saber. Visto que no Planeta Terra eu tenho, 19 anos…Nos outros planetas tenho:


Mercúrio – 77 anos

Vénus – 30 anos

Marte – 9 anos

Júpiter – 1,56 anos

Saturno – 0,63 anos

Úrano – 0,22 anos

Neptuno – 0,11 anos

Plutão – 0,07 anos.


Conforme os Planetas se afastam do sol, a minha idade vai ficando mais curta, mas os meus dias, ficam mais compridos. É engraçado saber estas coisas, mesmo que não seja cem por cento fiável. É uma aproximação à realidade e um factor interessante, que levanta imensas questões sobre a nossa idade, e até mesmo sobre nós mesmos, não acham?

Confiram a vossa idade: http://www.minerva.uevora.pt/ticiencia/estrelas/idade_noutros_planetas.htm



Seguidores